É possível Unidade na Diversidade?

Texto Utilizado Para Breve analise:

ARC Galatas 2:1 ¶ Depois, passados catorze anos, subi outra vez a Jerusalém com Barnabé, levando também comigo Tito.
2 E subi por uma revelação e lhes expus o evangelho que prego entre os gentios e particularmente aos que estavam em estima, para que de maneira alguma não corresse ou não tivesse corrido em vão.
3 Mas nem ainda Tito, que estava comigo, sendo grego, foi constrangido a circuncidar-se.
4 E isso por causa dos falsos irmãos que se tinham entremetido e secretamente entraram a espiar a nossa liberdade que temos em Cristo Jesus, para nos porem em servidão;
5 aos quais, nem ainda por uma hora, cedemos com sujeição, para que a verdade do evangelho permanecesse entre vós.
6 E, quanto àqueles que pareciam ser alguma coisa (quais tenham sido noutro tempo, não se me dá; Deus não aceita a aparência do homem), esses, digo, que pareciam ser alguma coisa, nada me comunicaram;
7 antes, pelo contrário, quando viram que o evangelho da incircuncisão me estava confiado, como a Pedro o da circuncisão
8 (porque aquele que operou eficazmente em Pedro para o apostolado da circuncisão, esse operou também em mim com eficácia para com os gentios),
9 e conhecendo Tiago, Cefas e João, que eram considerados como as colunas, a graça que se me havia dado, deram-nos as destras, em comunhão comigo e com Barnabé, para que nós fôssemos aos gentios e eles, à circuncisão;
10 recomendando-nos somente que nos lembrássemos dos pobres, o que também procurei fazer com diligência.
11 ¶ E, chegando Pedro à Antioquia, lhe resisti na cara, porque era repreensível.
12 Porque, antes que alguns tivessem chegado da parte de Tiago, comia com os gentios; mas, depois que chegaram, se foi retirando e se apartou deles, temendo os que eram da circuncisão.
13 E os outros judeus também dissimulavam com ele, de maneira que até Barnabé se deixou levar pela sua dissimulação.
14 Mas, quando vi que não andavam bem e direitamente conforme a verdade do evangelho, disse a Pedro na presença de todos: Se tu, sendo judeu, vives como os gentios e não como judeu, por que obrigas os gentios a viverem como judeus?
15 Nós somos judeus por natureza e não pecadores dentre os gentios.
16 Sabendo que o homem não é justificado pelas obras da lei, mas pela fé em Jesus Cristo, temos também crido em Jesus Cristo, para sermos justificados pela fé de Cristo e não pelas obras da lei, porquanto pelas obras da lei nenhuma carne será justificada. (Gal 2:1-16 ARC)

Paulo, homem de Deus, subiu a Jerusalém por revelação e aproveitou a ocasião para expor aos Apóstolos da Circuncisão o Evangelho que estava anunciando.

Timóteo filho de judia foi circuncidado para não ter problemas quando chegasse aos judeus junto com Paulo para anuncio do Evangelho, porém Tito sendo grego não foi circuncidado para que o mesmo Evangelho não perdesse o sentido de ser. Judeus sim se circuncidam, porém gentios de forma alguma. Logo por que então destes judaizantes no nosso meio? Kipárs, Arcas da Aliança, Talits e etc.

No versículo 5 Paulo diz que não cedeu por momento algum a tentativa destes em tirar a liberdade da igreja que estava sob seu cuidado, ou seja para que esta continuasse com a verdade do Evangelho continuasse com eles.

Paulo acrescenta que não sofreu alteração alguma dos Apóstolos no que pregava, muito pelo contrário, todos entenderam que à ele Deus dera o Evangelho aos da incircuncisão. Recebendo o aperto de mão perante os demais em sinal de confirmação de reconhecimento da graça recebida pelo ex- aluno de Gamaliel.

Já em Antioquia, a igreja crescia e houve um momento em que, na visita de Pedro, aconteceu algo que nos falta. O referido Apóstolo gozava de comunhão com os gentios até que um grupo advindo da igreja sede em Jerusalém, presidida por Thiago, veio à Paulo. Pedro dissimulou em público, fazendo outros ficarem em dúvida quanto à postura adotada entre os gentios.

A igreja não deve ceder por qualquer figura que seja! Seja da parte de quem for, o Evangelho pregado deve ser defendido, pois caso contrário, o rebanho pode perecer.

O bom pastor, Paulo, publicamente tal como foi a dissimulação, repreendeu à Pedro na face. O motivo foi declarado no versículo 14, oxalá voltássemos ao Evangelho, inclusive no cuidado com o rebanho! A Verdade do Evangelho deve ser defendida, não importa o escalonamento do pregador ou ensinador, haja visto devido ao espirito bajulador que reina entre nós, aceitamos aberrações em nome da boa politicagem. Paulo enfrentou a Pedro e nós perniciosamente tememos defendermos a verdade para não expormos figuras humanas!

Jesus disse que se o honrarmos Ele nos honrará diante do Pai que está no céu, porém o contrário é verdade! Ele também nos disse que o que é honrado entre nós, homens, é desonrado perante Deus! Continuamos sustentando a tradição invalidando a Lei, respeitando nosso sistema falho em detrimento à Deus!

Por fim fica-nos a exortação da justificação somente pela fé, logo se perde todo o valor da ostentação de titulo ou qualquer outra coisa que se adicione à salvação. Temos doutrinas fundamentais que defender e ensinar o resto é balela não importa de que boca proceda, não importa de quem você diga ser ou defender, quer Paulo, quer Apolo, o que nos importa é Cristo, salvação de todo aquele que crê!

Assim sendo, Unidade, somente se for nas doutrinas fundamentais, caso contrário não podemos andar juntos, desde que não estamos de acordo com a Verdade do Evangelho! Respeitamos as diferenças porém junto ao rebanho pelo qual morreu p Eterno Senhor Jesus, nem por um segundo sequer cedamos

!

img_8415a

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s